Acontece em Brasília

Despierta Muertos – Um drink Sauza para o Dia dos Mortos
30 de outubro de 2015
Gremolata – Orechiette com Gremolata e Avelãs- Tenha este coringa na cozinha
5 de novembro de 2015
Mostrar todos

Rubaiyat Brasília cria menu especial dedicado a primavera

O sommelier Maico Douglas indica vinhos que harmonizam com pratos especiais servidos durante a estação no restaurante

Referência em Brasília, o restaurante Rubaiyat traz mais uma novidade: um menu de primavera. Para homenagear a estação, que permanece até 22 de dezembro, quatro novas opções de pratos foram inclusas no cardápio.

Criados pelo chef espanhol Carlos Valenti, as opções são compostas por ingredientes sazonais, com iguarias típicas da temporada. “Esta é uma boa época para beterraba, alcachofras e ingredientes cítricos”, explica o chef. São três opções de pratos e uma sobremesa com ingredientes leves. Para completar o cardápio, o sommelier da casa, Maico Douglas, selecionou as bebidas ideais para cada prato.

RUBAIYAT_SALMAO MARINADO COM SALADA CÍTRICA_FOTO_FABIO SETTI-3 O Salmão marinado com salada cítrica (R$35) é a escolha certa para os dias quentes de Brasília. O leve sabor adocicado do purê de beterraba e o toque cítrico do purê de limão com sal e laranja garantem equilíbrio e aroma para o prato. Para o chef, as cores vivas lembram os campos floridos da primavera. Para harmonizar, a sugestão é o vinho Private Bin Malborough Sauvignon – Blanc 2012 (R$129).

A cremosidade do Robalo com risoto de manjericão e alcachofras (R$89) apresenta um gosto sutil e aromático. O peixe, que é preparado com sal e azeite, é acompanhado pela alcachofra em forma de chips. A cor predominante do prato é o verde, em alusão aos campos da primavera. A indicação do sommelier é o vinho branco Cotes Du Rhone Blanc 2012 (R$166), ideal para peixes brancos grelhados.

RUBAIYAT_FILE MIGNON COM PURE DE BATATA DOCE E CUZCUZ DE BROCOLIS_FOTO_FABIO SETTI-3Além dos peixes, o chef também criou um prato com carne vermelha. O Filé mignon (R$85) é acompanhado por purê de batata doce e cuscuz de brócolis. A batata doce é assada na brasa para manter o gosto defumado e contrastar com brócolis picados. “Por ser picado, lembrando o grão de cuscuz, de uma forma divertida o nomeamos assim: cuzcus de brócolis”, explica o chef Carlos Valentí. A harmonização é com o vinho Finca La Sabina Cabernet Gran Reserva 2006 D.O. Pago Guijoso (R$147), uma bebida aclamada pela crítica, com 14% de teor alcoólico.

Para fechar o menu especial, o restaurante oferece uma sobremesa em homenagem a estação. O Creme de laranja com salada de frutas vermelhas (R$27) traz, simultaneamente, frescor e acidez ao paladar. O aroma do prato fica por conta do hortelã. Uma taça de vinho Porto Dow’S Fine Tawny (R$25) é o mais apropriado para acompanhar o doce. A bebida, ligeiramente fresca, tem cerca de 19% de teor alcoólico.

Serviço|Rubaiyat|Onde: SCES – Setor de Clubes Esportivos Sul, trecho 1, lote 1 A – Asa Sul | fone: (61) 3443-5000

Chão de Estrelas serve buffet com frutos do mar aos fins de semana

Paella, bacalhoada e camarão internacional são os pratos mais pedidos por quem procura por um almoço saboroso, com uma bela apresentação

O restaurante Chão de Estrelas acaba de chegar ao Distrito Federal com pizzas que levam os nomes de celebridades brasileiras, servidas todas as noites na quadra 302 da Asa Note. Além das redondas, a casa também oferece almoço diariamente, com um buffet variado. Nos fins de semana, o restaurante investe nos pratos que têm os frutos do mar como principal ingrediente (R$54,90/kg, sábado e domingo), uma referência ao primeiro empreendimento do chef Maradona, em Fortaleza, e uma saborosa opção para quem pretende variar o paladar.

CHAO DE ESTRELAS_PAELLA_FOTO_FABIO SETTI-6A paella é uma iguaria tipicamente espanhola, preparada à base de arroz, com temperos marcantes como azafrão e paellero, responsáveis pelas cores vibrantes do prato. Camarões, mexilhões, polvos e lulas completam a montagem na paellera – panela onde a refeição é apresentada. A paella pode ser apreciada com uma caipirosca de kiwi batida com vodca nacional (R$16,90) ou internacional (R$19,90).

A bacalhoada do Chão de Estrelas é mais um prato que enche os olhos pela apresentação. O bacalhau é refogado no azeite, com pimentão, azeitonas e cebolinha. O prato é finalizado com ovos cozidos e pode ser aproveitado com um coquetel de frutas do dia (R$19,90), também preparado sem álcool (R$16,90).

O camarão internacional é servido com molho bechamel, arroz com ervilhas e presunto. Para degustar o prato durante os dias quentes e de seca, o restaurante sugere o chopp Brahma (R$7,90), servido bem gelado, com o sabor encorpado e de aroma neutro.

O restaurante, que tem capacidade para 200 pessoas, mantém a proposta do almoço self service durante a semana (R$44,90/kg, de segunda a quinta-feira), com pratos frescos e bem elaborados. Algumas opções são: o salmão ao molho de mostarda e o camarão catupiry, à base do queijo de mesmo nome, e todos os dias pratos de peixes e camarões. As sextas-feiras, a R$ 49,90 uma bela feijoada é servida como opção principal.

SERVIÇO| Onde: CLN 302, bloco D, loja 03, Asa Norte, Brasília| Fone: (61) 3045-0807

[puregallery]

Print Friendly, PDF & Email
Carolina Figueiredo
Carolina Figueiredo
Sócia do Oba Gastronomia desde que veio aqui procurar informações sobre um restaurante da cidade e virou amiga do Orlando Baumel. Sou mãe, webdesigner e divagante, amo boa música, bons pratos e uma boa risada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.