Vinhos e inverno: sommelier dá dicas para aproveitar a estação com um bom vinho rosé

Leve e delicado, muita gente acredita que o vinho rosé deve ser degustado apenas no verão. Entretanto, o sommelier da Decanter Blumenau revela que isso não é verdade.

Quando as temperaturas despencam, uma taça com um bom vinho é sempre bem-vinda. Mas, para quem acha que somente o tradicional vinho tinto combina com as baixas temperaturas, o sommelier da Decanter Blumenau, Sidney Lucas, explica que o rosé não fica de fora dessa estação e também pode ser uma excelente opção para aproveitar os sabores do inverno.

O especialista afirma que, independentemente da escolha,“o que não pode faltar é um bom vinho na estação”. “A dica é usar a criatividade e escolher os rótulos sem medo. Todos os tipos são perfeitos para brindar no inverno, desde que harmonizados corretamente”, diz.

Para acertar na harmonização nos dias frios, confira as dicas do sommelier para surpreender com um bom vinho rosé no inverno.

Lucas revela que o mais importante na hora de harmonizar um vinho com um prato, é observar que quando servidos juntos, ambos estejam em sintonia para evidenciar ainda mais as características e sabores um do outro, formando uma sensação prazerosa para quem está degustando. Por via de regra, pratos leves vão bem com vinhos leves, assim como pratos mais encorpados se complementam bem com vinhos também assim.

“É exatamente isso que o espanhol Bodegas Muñoz Artero Rosado La Mancha 2017 combinado um delicioso spaghetti de frutos do mar ao pomodoro e manjericão proporciona. O vinho é fresco e possui boa acidez na boca, porém de forma agradável, fazendo com os sabores saltem a boca”, afirma.

Para quem quer grande versatilidade à mesa, o rosé Falua Conde de Vimioso Rosado 2017 é o rótulo ideal. “É um vinho saboroso e cheio de frescor. Versátil, combina com uma infinidade de pratos, entre eles, uma incrível paella de frutos do mar”, aponta Lucas.

Por último, o sommelier da Decanter Blumenau sugere o italiano Feudo Maccari Rosé di Neré 2018. “Com um aroma marcante, o vinho combina muito bem com saborosos camarões à provençal ou lula à dorê, delicioso petisco de lula bem temperada e frita, com uma crosta crocante”, conclui.

Lisiele Dieterich Horn

Sou uma aventureira das artes, curiosa por história e lugares. Já morei na Alemanha, onde pude explorar o gosto por viagens e tudo que a envolve: boa comida, bons vinhos e lugares que instigam a nossa imaginação. Sempre explorando o universo gluten-free, e adaptando minha jornada a este novo ingrediente da vida.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu