Alho negro: um boost na imunidade

Alimento natural conquista adeptos pelos benefícios para a saúde e pelo sabor exótico e sofisticado

Quem nunca recebeu o conselho de tomar um chá de alho quando a gripe ataca? Com benefícios para a saúde conhecidos desde muito antes do tempo dos nossos avós, o alho é um alimento de excelente valor nutricional e contém em sua composição vitaminas do tipo A, B2, B6 e C, aminoácidos, enzimas, compostos biologicamente ativos e minerais como ferro, zinco, selênio e iodo.

Dez vezes mais potente

Recentemente, cada vez mais estudiosos, cientistas e pessoas interessadas em medicina natural vêm descobrindo que as qualidades terapêuticas do alho podem ser potencializadas por meio do beneficiamento que o transforma no alho negro. O processo, totalmente natural e sem aditivos químicos, passa pela fermentação do alho cru em temperatura e umidade controladas e faz com que seu poder antioxidadante passe a ser até dez vezes maior, ajudando a neutralizar danos celulares causados pelos radicais livre, prevenindo o envelhecimento precoce.

Depois do processo de fermentação, o alimento passa a ser também mais rico em polifenóis, substâncias que ajudam a inibir o aumento do colesterol do sangue, controlar a pressão arterial e a taxa de glicose, e apresentam efeitos antibacterianos, antivirais e antialérgicos.

Tradição e ciência

O alho negro já é usado há centenas de anos nos países orientais, especialmente na China e na Coréia, devido aos seus benefícios para a saúde e estudos científicos recentes vêm comprovando tais benefícios, atribuídos geralmente à presença de compostos organosulfurosos.

Segundo artigo publicado por pesquisadoras da EMBRAPA, dados preliminares de experiências em laboratório usando os extratos de alho negro como fitoterápicos mostraram que a ingestão destes extratos aquosos promoveu um aumento no sistema imunológico de camundongos analisados. Pesquisadores observaram também que o alho negro envelhecido teve um maior efeito antioxidante, o que sugere que seu consumo poderia ser útil para prevenir complicações resultantes da diabetes, além de proporcionar um aumento nos níveis de HDL-colesterol, que é considerado o “colesterol bom”.

Equilíbrio e saúde

O produtor de alho negro Fernando Kazuhiko Kondo, responsável pela marca Alho Negro do Sítio, conta que a procura por seus produtos vêm crescendo recentemente. “Percebemos que as pessoas estão se preocupando cada vez mais em manter a saúde equilibrada de uma forma natural, tanto para prevenir doenças quanto para ter mais bem estar”, diz. “Se podem fazer isso por meio de um alimento saboroso, melhor ainda!”, completa.

No entanto, destaca que nenhum alimento sozinho pode ser considerado milagroso. “É possível, sim, fortalecer o organismo e melhorar a imunidade por meio do que comemos, mas isso passa por uma alimentação balanceada aliada a outros cuidados, como se exercitar, dormir bem, beber água e seguir sempre orientações médicas”.

Onde encontrar e como usar

O alho negro têm sido cada vez mais adotado por chefs na criação de pratos sofisticados. Com sabor adocidado e avinagrado, cheiro mais suave que o do alho cru e textura macia, pode ser usado no preparo de molhos, no tempero de alimentos como carnes, saladas ou massas e até mesmo para deixar uma pizza básica mais especial.

No site da marca Alho Negro do Sítio, é possível encontrar o produto em forma de bulbos, lascas, geleia, barrinhas, molhos, pasta e até mesmo azeite e mostarda com alho negro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar Menu