Villa Marcolini

Home / O Oba visitou! / Villa Marcolini

Nada a comentar.

Posturas de um estabelecimento gastronômico.

Em quase dois anos de existência, o Oba Gastronomia visitou dezenas de restaurantes, bares e outros lugares que trabalham com comida e público.

Foram locais dos mais distintos. Desde o Carrinho de Pipoca do Valdir até o Guega Ristorante; do Maneko’s Bar ao Durski; do Armazém Sant’Anna ao Famiglia Fadanelli, entre tantos outros.

Em todos estes locais, o Oba Gastronomia pediu para fotografar, no intuito de passar para este site a impressão deixada e servir como um indicativo, uma sugestão para quem procura um lugar em especial.

Saanga, Grimpa, Camponesa do Minho, Porcini, Chalet Suisse e mais dezenas de restaurantes entenderam e receberam o Oba como uma oportunidade de demonstrar seu serviço, permitindo fotos do local e dos pratos, inclusive mostrando a casa em detalhes.

Um ponto a ser observado é que o Oba Gastronomia nunca pediu nada em troca, nem ao menos desconto no total da conta.

O que aconteceu domingo que passou no Villa Marcolini foi inédito para mim. Solicitei ao gerente para fotografar a casa. Este me falou que não poderia permitir, pois o dono não se encontrava, que assim que chegasse eu teria permissão. Pois bem, o dono chegou…não foi me dado nenhum aviso, nenhuma desculpa, nenhuma satisfação sobre a proibição de fotos no restaurante.

Pagamos a conta e fomos embora, sem uma explicação do gerente. Uma pena ainda ver que existem resquícios de província em alguns lugares de Curitiba.

O texto abaixo deveria servir de parâmetro para qualquer estabelecimento que trate com público. Veja que em momento algum o Oba Gastronomia quis se comparar ao Guide Michellin, assim como não compara ninguém ao El Bulli.

Os periodistas de Gastronomia

As funções do periodismo gastronômico são várias. Na primeira instância, a função é informar ao público os temas relacionados com a própria gastronomia.

Mas, talvez a missão mais controvertida desta pessoa, seja a crítica. Nenhum cozinheiro gosta que apareça uma resenha negativa de seu restaurante em qualquer publicação, mas mesmo assim, deverá respeitar o trabalho do periodista, confiando em sua honestidade.

Em qualquer caso (positivo ou negativo), os cozinheiros e responsáveis por restaurantes deveriam se sentir satisfeitos pela presença, cada vez maior, da cozinha nos meios de comunicação. Sem sombra de dúvidas, os periodistas gastronômicos tem possibibilitado que a alta gastronomia chegue ao grande público.

Na França, por exemplo, grandes cozinheiros como Jöel Robuchon e Paul Bocuse, são tão conhecidos pelas pessoas comuns como os maiores e mais populares  esportistas.

Por todos estes motivos, só resta aos cozinheiros mostrar o agradecimento aos periodistas especializados por tudo que estão e seguirão fazendo pelo bem da Gastronomia.

Ferran  Adriá – Los secretos de El Bulli

Sendo assim, nada a comentar sobre o Villa Marcolini…só lamentar.

* Todos os locais que o Oba Gastronomia visitou, você pode ver AQUI!

Orlando Baumel

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Exibindo 7 comentários
  • Carol
    reply

    Infelizmente o Oba não terá a foto dos pratos do Marcolini, mas com certeza os leitores do Oba agora têm uma impressão verdadeira sobre este estabelecimento. Excelente Post!

  • Fredy Ferreira
    reply

    Lamentável!!! Quem não quer aparecer tem muito a esconder essa é a verdade…

  • Villalba - Empresário
    reply

    Não estou surpreso com este comentário. Em minha roda social e profissional, o Marcolini nunca recebe comentários positivos. A reputação é de arrogância, pratos medíocres e péssimo atendimento.
    Minha última experiência foi ontem, onde num evento gastronômico o chef transformou o restaurante num programa de auditório de terveira categoria, importunando todos os outros clientes da casa. Não volto nem recomendo a ninguem este restaurante.

  • DesgustoCWB
    reply

    Esse lugar, quando eu passo de carro na frente, eu fecho os olhos pra não passar mal.

    Além do restaurante Villa Marcolini, a padaria também consegue ser horrível, com um atendimento digno de BOTECO.

  • Rafaela
    reply

    Vi esse post e respectivos comentários e vocês estão muito enganados, se tem capacidade de falar mal do Villa Marcolini é porque seu paladar tem nível de Habibs e Mac Donalds, cadê seus dados e fatos para comprovar as péssimas experiências? Saibam ter conteudo naquilo que dizem…amadores reclamões!

    • Orlando Baumel
      reply

      Prezada Rafaela,
      Sugiro a você ler sobre todos os restaurantes que visitei.
      Um abraço!

pingbacks / trackbacks

Comente