Tomate Recheado – Mise en place

Home / Entradas / Tomate Recheado – Mise en place

Tomate, este fruto que foi capaz de mudar toda a culinária de um país (como a Itália) é um  dos ingredientes mais versáteis da Gastronomia. Seja em molhos, saladas, sopas, sucos, drinks, o tomate aparece das maneiras mais inusitadas e criativas. Uma das mais apreciadas é o tomate recheado.

Simples demais, a técnica para recheá-los exige alguns cuidados básicos. Um pré-preparo é fundamental para um resultado final à contento. O recheio vai ditar o tempo.

Para começar, a escolha do tomate é fundamental. Devem estar maduros, mas ainda firmes. Com uma faca afiada, retire uma tampa do tomate, do lado do pedúnculo. Com o auxílio de uma colherzinha, retire as sementes, tomando o cuidado de não perfurar o tomate. Retire o máximo de polpa que conseguir. Vire em um pano e deixe escorrer por 15 minutos, para retirar o excesso de líquido.

Tomate recheado

Após isto, vem um cuidado que eu tomo. Questão de preferência. Salgo ligeiramente o tomate por dentro e levo para assar em forno pré-aquecido, em uma forma untada com azeite.

Se opto por servir tomates recheados quentes, que  precisam retornar ao forno, deixo por um máximo de 10 minutos. Se minha opção é servir frio, deixo mais tempo, pelo menos o dobro. Gosto da apresentação mais rústica e do sabor que o tomate passa ao recheio, que pode ser uma pasta, por exemplo.

Nesta receita de hoje, preparei os tomates para um recheio frio. Para figurar em uma entrada ou compondo uma mesa de frios. Um recipiente perfeito.

Tomate recheado 1

Sempre ressaltando que a tampa deve fazer parte da apresentação, devendo ir ao forno junto. Continuaremos com o assunto, dando sugestões de recheios para esta fruta maravilhosa.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Comentário
  • Paula Alvarez
    reply

    Adorei a dica!!!

    🙂

    Farei qualquer dia !

Comente