Sopa de Galinha Caipira com Ora-Pro-Nóbis

Home / Destaque Home / Sopa de Galinha Caipira com Ora-Pro-Nóbis

O OBA Gastronomia de hoje traz um ingrediente não tão comum aqui no sul do Brasil, mas uma das estrelas da culinária mineira, o ora-pro-nóbis, uma planta que carrega adjetivos demais com ela.  A receita que preparei com ela foi uma sopa bem básica, sem muitas delongas, própria para aproveitar o sabor desta plantinha tão especial.

Pereskia aculeata, popularmente conhecida como ora-pro-nóbis (do latim ora pro nobis: ‘ora por nós’), orabrobó, lobrobó ou lobrobô, é uma cactáceatrepadeira folhosa. É uma planta bastante rústica, perene, desenvolvendo-se bem em vários tipos de solo, tanto à sombra como ao sol. Muito usada em cercas vivas, mas suas folhas e frutos, que são bagas amarelas e redondas, também servem como alimento. A planta é também empregada para a produção de mel. 

É originária do continente americano, onde tem ampla distribuição – desde o sul dos Estados Unidos até a Argentina, passando pelas ilhas do Caribe. Planta perene, rústica e resistente à seca, é a única espécie do gênero Pereskia que tem hábito de liana. No Brasil, ocorre em florestas perenifólias, nos estados de Maranhão, Ceará, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

A denominação do gênero Pereskia refere-se ao botânico francês Nicolas-Claude Fabri de Peiresc, e o termo aculeata (do latim ăcŭlĕus, ‘agulha’ ou ‘espinho’) significa dotado de espinhos. Já o nome popular da planta, segundo a tradição, teria sido criado por pessoas que colhiam suas folhas no quintal de um padre, enquanto este rezava uma ladainha, cujo refrão, Ora pro nobis, era repetido a cada invocação.
Por serem ricas em ferro, as folhas da Pereskia aculeata ajudam a curar anemias. Podem ser usadas frescas ou, secas e moídas, no preparo da farinha múltipla, complemento nutricional empregado no combate à desnutrição. Ricas em mucilagem, contribuem para o bom funcionamento do intestino.

As folhas e flores são ingredientes de diferentes receitas de sopas, omeletes, tortas e refogados, sendo muito usadas na culinária das cidades históricas do estado de Minas Gerais, onde a planta é muito conhecida. Na cidade de Sabará, onde ocorre anualmente o Festival do Ora-pro-nóbis, [6] teria surgido a lenda de que o nome ‘”ora-pro-nóbis” teria sido criado por pessoas que colhiam a planta no quintal da casa do pároco local, que rezava uma ladainha. Em Tiradentes, outra cidade de Minas Gerais, também há restaurantes que utilizam a ora-pro-nóbis, sendo apreciado o frango com ora-pro-nóbis.

Cruas, as folhas podem ser consumidas em saladas; desidratadas e trituradas, podem servir para enriquecer a farinha usada no preparo de massas e pães. As folhas secas contêm 25,4% de proteínas (razão pela qual a planta é conhecida como “carne de pobre”) de alta digestibilidade (85%). Contém aminoácidos essenciais, em teores excepcionalmente elevados, destacando-se a lisina, cujo teor, no ora-pro-nóbis, é superior ao do milho, da couve e do espinafre. As folhas também são ricas em vitaminas A, B e C , ferro, magnésio, cálcio e fósforo.

Acredita-se que o cultivo em larga escala, com processamento industrial, do ora-pro-nóbis possa vir a provocar uma verdadeira revolução nos recursos alimentícios da humanidade, tendo em vista a facilidade do cultivo, a alta produtividade e o valor nutricional da planta, que serve também para alimentação animal, in natura ou adicionada à ração. (Wikipedia)

Sopa de Galinha Caipira com Ora-Pro-Nóbis

por 30 de outubro de 2017

Tempo de Preparo : 10 minutes. Tempo de Forno : 20 minutes Porções : 4 pessoas

Ingredientes

Modo de Preparo

Cozinhe a galinha  no caldo até que esteja bem macia. Retire, deixe esfriar e desfie com as mãos.

Aqueça uma panela funda e coloque o azeite. Junte a cebola e refogue por 1 minuto. Tempere a carne com um pouco de sal e pimenta-do-reino e coloque na panela. Acrescente o quiabo e a abobrinha e deixe refogar por 2 minutos. Coloque o caldo já coado e cozinhe por 3 minutos. Junte as folhas de ora-pro-nóbis, desligue o fogo e deixe descansar por 2 minutos. Sirva bem quente.

Print
Orlando Baumel
Orlando Baumel

Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.

Comentário
  • Kathia Gloria
    reply

    Sou mineira e galinha com quiabo e galinha com ora pro nobis que eu me acostumei a comer, sao competamente diferentes da sua receita. Louca pra experimentar sua versao!