Por: Paula Calado

A cozinha francesa tem a reputação de ser a melhor de todas. Desde que se tornou parte do Patrimônio Mundial Intangível da UNESCO, muitas pessoas têm se perguntado sobre sua evolução.

Entretanto, não devemos esquecer as outras culinárias, a saber, a cozinha italiana, a chinesa, a indiana e a japonesa e, claro, nossa cozinha brasileira, cada uma com sua particularidade e reputação.

Mas depois de ter conhecido a história da gastronomia francesa e sua reputação internacional, apresentaremos neste artigo porque a cozinha francesa é reputada e reconhecida como a melhor, esse artigo foi desenvolvido com a ajuda dos chefs da Superprof Brasil.

A cozinha francesa em poucas linhas

De aprendizes de cozinha a chefs estrelados, os franceses nunca param de evoluir e preparar pratos com técnicas refinadas. Eles acompanham as mudanças no país com grande diversidade.

Além disso, os franceses adoram cozinhar, e pode ser dito que é uma paixão e hobbie para muitos deles. Além disso, o termo gastronomia foi fundado na França antes de se espalhar por todo o mundo. De acordo com o European Institute for the History na Cultures of Food (IEHCA), o termo significa “saborear um prato de estilo francês”.

No século XX, a cozinha francesa foi codificada para ser a referência moderna da grande cozinha. Ainda hoje, é uma referência internacional graças a seu aspecto cultural.

Diversidade da cozinha francesa

A cozinha francesa é caracterizada por uma forte diversidade de estilos, ingredientes e preparações nas receitas. A experiência dos chefs acrescenta a estas características.

Na França, a arte culinária varia muito de região para região. E mesmo que as receitas básicas permaneçam as mesmas, pode-se notar mudanças na maneira de preparar, cozinhar e nos pratos apresentados.

A cozinha francesa ainda se distingue por estes dois ingredientes e acompanhamentos: vinhos franceses e queijos franceses. Eles são parte integrante de cada trabalho culinário, assim como de sua agricultura.

Cada região tem sua própria especialidade. No entanto, tudo está no preparo e tempero dos pratos. Fora do país, a gastronomia francesa é geralmente apreciada por seu luxo. A arte culinária reflete toda a história do país.

Culinária francesa e a inspiração para a cozinha do mundo

A gastronomia francesa exerce uma grande influência sobre os chefs em todo o mundo por causa de sua clássica ambivalência que preserva as práticas de outrora, mas também incorpora as tendências culinárias do momento. Como resultado, todas as cozinhas dos grandes restaurantes do mundo confeccionam regularmente pratos tipicamente franceses. Omeletes, filet mignons, boeuf bourguignon, foie gras, salade niçoise, etc. são pratos franceses que percorrem o mundo.

Além disso, grandes chefs de todo o mundo sonham em conhecer e estudar a gastronomia francesa. A grande identidade e a originalidade única representada nos pratos franceses fazem claramente a diferença. E os produtos locais tipicamente franceses, como vinho, conhaque, queijo, mexilhões, escargot, manteiga, presunto, etc., que também são exportados, reproduzidos e comercializados em todo o mundo, pois – como dizem – é muito chique ter um pouco da cozinha francesa em sua mesa.

A melhor cozinha e os maiores chefs com reconhecimento mundial

Foi em 2008 que o então presidente Nicolas Sarkozy, acreditando que a França tem “a melhor gastronomia do mundo”, apoiou o pedido de um grupo de chefs e gastrônomos (tais quais Paul Bocuse, Marc Veyrat, Alain Ducasse, Michel Guérard e Pierre Trois gros) para que a cozinha francesa fosse incluída no patrimônio cultural intangível da UNESCO.

Desde então, o intercâmbio entre chefs tem se tornado cada vez mais frequente. Cozinheiros aprendizes e novos chefs fazem desvios no exterior, particularmente na Ásia e na América, antes de retornar à França e abrir restaurantes renomados. Alguns dos chefs que estudaram na França e estão, hoje, no Brasil: Léo Paixao, Emanuel Bassoleil, Alain Uzan, Erick Jacquin e Larissa Mamprin.

Lembrou de algum outro chef reconhecido no Brasil? Tem vontade de aprender pratos da culinária francesa? Deixe nos comentários!

Lisiele Dieterich Horn

Sou uma aventureira das artes, curiosa por história e lugares. Já morei na Alemanha, onde pude explorar o gosto por viagens e tudo que a envolve: boa comida, bons vinhos e lugares que instigam a nossa imaginação. Sempre explorando o universo gluten-free, e adaptando minha jornada a este novo ingrediente da vida.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.