Pierogi com Molho de Linguiça

Home / Destaque Home / Pierogi com Molho de Linguiça

Aqui em Curitiba encontramos facilmente um dos pratos típicos da Polônia: o Pierogi. Em todas as feiras que acontecem na cidade a barraquinha de Pierogi sempre está presente, e sempre bem concorrida. Como tudo que é preparado em casa é mais gostoso, o OBA Gastronomia traz hoje para vocês a receita mais consumida de Pierogi aqui pela região. Uma  receita que foi passada já faz um certo tempo pelo Chef Junior Durski, proprietário do Restaurante Durski e da Rede Madero. É a receita que sempre segui.

Pierogi é um tipo de pastel cozido originário da Polônia e oeste da Ucrânia, onde é chamado Perohe.

Pierogi (também escrito perogi, pierogy, perogy, pierógi, pyrohy, pirogi, ou pyrogy; forma diminutiva: pierożki) são pasteis de massa primeiro cozidas e depois assadas ou fritas, normalmente na manteiga com cebolas, tradicionalmente recheados com batata, chucrute, carne moída, queijo ou frutas. Proveniente do centro e do leste europeu, eles têm formato normalmente semicircular, mas em algumas culturas podem ser retangulares ou triangulares.
Pierogi pode ser recheado (exclusivamente ou em várias combinações) com purê de batatas, queijo, repolho, chucrute, carne, cogumelos, espinafre, ou outros ingredientes dependendo da preferência. Pierogi podem ser servidos em forma de sobremesa com o recheio de frutas frescas, como cereja, morango, pêssego, ameixa ou maçã; ameixa seca também é utilizado. Creme de leite pode também ser adicionado à mistura.

O recheio mais popular na cozinha polonesa é de purê de batatas com requeijão (ricota) e cebola frita. Um recheio popular para pierogi no Canada é purê de batata com queijo cheddar.

O pierogi é bastante conhecido em regiões do Sul do Brasil colonizadas por imigrantes polacos e ucranianos do oeste (rutenos), sobretudo no Paraná, onde pode ser encontrado na mesa dos milhares de descendentes de eslavos, em restaurantes típicos, e mesmo em barracas nas feiras de rua de Curitiba e em em diversos municípios do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul: Ponta Grossa, Irati, Prudentópolis, Pitanga, Araucária, Contenda, Ariranha do Ivaí, Mallet, São João do Triunfo, São Mateus do Sul, União da Vitória, Canoinhas, Rio Azul, Rio Negro, Tijucas do Sul, Itaiópolis, Rio Negrinho, Papanduva e Mafra entre outros, além da cidade de Áurea que é considerada a “Capital Polonesa dos Gaúchos”. (Wikipedia)

PIEROGI COM MOLHO DE LINGUIÇA

Ingredientes

Para a massa do pierogi

1 kg de farinha de trigo

500 ml de água

Para o recheio do pierogi

50 g de batata cozida amassada

150 g de ricota amassada

Sal a gosto

Para o molho de linguiça

250 g de carne moída bovina

150 g de linguiça defumada moída (eu uso Calabresa)

1 xícara de molho de tomate

3 colheres (sopa) de cebola triturada

½ colher (sopa) de alho triturado

½ xícara de nata fresca

Sal a gosto

Pimenta-do-reino a gosto

Óleo de milho a gosto

Modo de fazer

Pierogi

Em uma bacia, acrescente a farinha de trigo e a metade da água e misture.
Sove bem e vá incorporando o restante da água aos poucos. Essa é uma massa relativamente seca.
Sove a massa até que ela desgrude da mão.

Recheio

Misturar a batata e a ricota
Temperar com sal

Montagem

Abra a massa do pierogi e corte círculos de massa com auxílio de um cortador de biscoito.
Recheie com a batata temperada e feche apertando bem as extremidades.
Depois de modelados, cozinhe em água fervente temperada com sal até que subam para a superfície.

Molho de linguiça

Em uma panela, refogue a carne moída em óleo de milho.
Acrescente a cebola e o alho triturado e mexa até que fique dourado.
Acrescente a linguiça defumada moída e o molho de tomate.
Tempere com sal, pimenta do reino e finalize com a nata.

Montagem e finalização

Em um prato, deite uma concha do molho de linguiça.
Distribua os pierogis pelo prato e complete com um pouco mais de molho.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Comentário
pingbacks / trackbacks