Está começando a época de Alcachofras

Home / Receitas do OBA! / Técnicas e Bases / Ingredientes / Está começando a época de Alcachofras

Se você, assim como eu, é fã de alcachofras, esta é a hora de se animar. A temporada destas flores comestíveis maravilhosas está aberta. É tempo de começar a preparar uma infinidade de pratos usando esta iguaria e aproveitar que elas estão mais bonitas e mais em conta.

alcachofra

Uma alcachofra (nome científico Cynara cardunculus subsp. scolymus, anteriormente designada por Cynara scolymus) é uma planta com até um metro de altura, da família das compostas, de caules estriados, folhas penatífidas e grandes capítulos florais.
É uma planta perene, com até 400 cm de envergadura, que volta a brotar anualmente. Suas folhas têm cor verde-claro cobertas de uma penugem branca que lhes dá uma aparência pálida.

Possui capítulo floral, e pertence ao grupo das angiospermas.

Dá uma inflorescência comestível, produto muito apreciado quando ainda na fase inicial e razão de seu cultivo comercial. Ao se transformar em flor aberta endurecem as brácteas e não podem mais ser aproveitadas para consumo.

A alcachofra tem como valor nutritivo a vitamina C e sais minerais (ácido fólico, magnésio e potássio).

Aqui em casa, a diversão é sempre comer as pétalas, sem nada de muito rebuscado, apenas com azeite de oliva e sal. Basta passar no azeite, espremer entre os dentes e ser feliz.

alcachofra-1

No cotidiano urbano, ela pode ser encontrada em feiras, como uma inflorescência muito jovem, ainda sem pétalas. Nessa fase, sua parte comestível corresponde às brácteas, folhas modificadas que protegem a inflorescência.
São procedentes da região sul do Mar Mediterrâneo, mais provavelmente do Magrebe, na África. A alcachofra é um parente muito próximo do cardo comum, do qual procede, tendo sido aprimorado para consumo humano por muitos anos de cultivo.

Alcachofra é excelente para ser servido como aperitivo, em pratos coletivos.

alcachofra-2

Existem indícios da planta em estado natural na Tunísia. Os antigos egípcios a conheciam, assim como os gregos, que introduziram o cultivo na Sicília e na Magna Grécia. (Wikipedia)

Depois de ter se deliciado com as pétalas, chega-se ao mignon da alcachofra, o seu fundo. Basta retirar seu fundo fibroso, semelhante a pelos, e cortar rente ao talo. Vale lembrar que a “carne” no interior de seu caule também pode ser utilizada.

alcachofra-3

Alcachofras podem ser usadas em diversas preparações. Daqui para frente o OBA Gastronomia trará sugestões de receitas usando esta flor especial.

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Comentário
  • José Paulo Bueno
    reply

    Bom dia…
    Eu sou fã da Alcochofra, onde eu gosto de apreciar somente com maionese caseira, que leva gemas, sal, mostrada e limão…

Comente