Bolinho Rústico de Espinafre

Home / Entradas / Bolinho Rústico de Espinafre

Coisas simples da vida.

Comidas para alegrar o dia.

Um dia fui questionado porque às vezes publico receitas tão simples em um site de Gastronomia. Minha resposta foi: e porque não?

Quer coisa mais simples que um purê de batatas? O do Robuchon é famoso no mundo inteiro. Conheço Chefs que se orgulham de coisas corriqueiras, como uma sopa comum, um arroz sempre no padrão, ou mesmo um bolinho.

Não que tenha orgulho de meu bolinho de espinafre…tenho orgulho sim, de dar valor a estas mínimas coisas. Estas comidas que nos remetem à  infância. Comidas que nos faz lembrar da família, de uma avó que fazia suas vontades, de pequenos furtos de comida antes de ir à mesa (o que ainda hoje deixa minha mãe maluca).

Tenho orgulho de dar o mesmo valor a um virado de feijão bem feito e  a um  prato de foie gras. Todos os grandes Chefs começaram, de uma forma ou outra, na cozinha da mãe.

As coisas simples são as que emocionam. Conheço pessoas que não perdem uma feira, só por causa de determinado pastel. Meu avô adorava misturar a sobra de feijão do almoço com tomate, cebola e azeite. Quem iria contradizer?

Quantas pessoas você conhece que adora macarrão com salsicha? Ou macarrão com feijão? Coisas que com certeza as acompanham desde a infância.

A Gastronomia deve ter o papel de incutir novos sabores, mostrar a técnica correta, incitar a curiosidade, mas sempre respeitando estas pequenas coisas, estas comidinhas que nunca sairão de moda. Comida da Boa Lembrança…comidas que nos acompanharão sempre, trazendo junto um sorriso.

INGREDIENTES (12 bolinhos)

1 maço de espinafre (só as folhas)

2 ovos

2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

1 colher (sopa) de bacon picadinho

2 colheres (sopa) de farinha de trigo

Sal e pimenta-do-reino moída na hora

Óleo de girassol para fritar

PREPARO

Aqueça água em uma panela grande. Coloque o espinafre e deixe cozinhar por3 minutos. Retire, deixe escorrer em uma peneira. Espere esfriar e esprema com as mãos, até sair o máximo de líquido que conseguir. Pique bem com uma faca.

Misture todos os ingredientes em uma tigela.

Aqueça o óleo em uma frigideira funda. Coloque colheradas da massa no óleo. Frite poucos por vez, até dourarem. Não se preocupe com tamanho ou formato. A idéia é justamente deixá-los bem rústicos, com cara de feito em casa. Vá retirando com uma escumadeira e deixe escorrer em papel absorvente.

Sirva quente, acompanhado de uma Tabasco, cervejinhas e amigos.

É isto… estas coisas simples que nos trazem boas lembranças. Não é esta a função da Gastronomia?

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Exibindo 6 comentários
  • Carolina Figueiredo
    reply

    Eu, como boa chorona que sou, despenquei de chorar lendo seu post.
    A convivência com a Fal está começando a trazer seus traços em seu texto.
    Amei…
    Por muitas coisas, mas vou te citar 3: Nunca vou esquecer da cara da Lara tirando sarro da minha cara por comer macarrão com VINA (salsicha pra mim sempre é outra coisa…), de falar de comidas simples e saber que esta foi nossa primeira conversa e as fotos do seu bolinho de espinafre…bolinhos que como toda quarta feira… no meu restaurante de sempre… comida simples, mas muito boa.
    Excelente post, parabéns!

  • Stella
    reply

    Amei a receita , adoro esses bolinhos, mas seu texto hmmmm…Por que não exaltar as velhas receitinhas simples que nos remetem a fases da vida que jamais voltarão? Nos trazem de volta no aroma,na textura, no sabor , momentos do passado e a sensação de ter de novo pessoas que por um motivo ou outro já não estão perto da gente. Mesmo que a viagem dure apenas alguns minutos, não importa!Amo essas relíquias!

  • Andrea
    reply

    ADORO Bolinho de Espinafre!!!Minha mãe sempre fazia qdo eramos crianças, em Lages… Pensei q ninguem conhecesse em Curitiba!

  • simone
    reply

    Adooooro bolinho de espinafre…faço e como quantos tiverem…seu texto é de uma doçura só…meu pai ama fazer mexidinho, olha que ele tem quase 80 anos…a maturidade dele só me mostrou coisas boas,e que as simples, como comer em boa companhia são as melhores experiências!que bom poder compartilhar “essas coisas agradáveis” com as pessoas.Parabéns pelos dois anos do site.

  • jairo
    reply

    fiquei muinto contente por ter alguem ainda lembrando das receitas simples e gostoza eu como gosto de inven tar comida fiquei muinto agradesido

pingbacks / trackbacks

Comente