Armazém Santa Ana

Home / O Oba visitou! / Bares / Armazém Santa Ana

Onde vende de tudo…

DSC04792

Hoje no Oba, uma instituição paranaense, o Armazém Santa  Ana.

Sábado sem saber onde almoçar…por acaso, abro o jornal e vejo uma nota sobre Barreado em Curitiba, e dentre os locais sugeridos está  o Armazém Santa Ana. Não pude deixar de ir.

Sou da época de armazéns. Lugares em que você encontra tudo que procura, pequenos “supermercados”, comuns em zonas rurais e bairros de centros urbanos. Grandes casas de madeira, com um enorme pé direito e uma grande varanda, normalmente com lambrequins enfeitando os beirais.

Lugares em que os aromas se fundiam…fumo de corda com salame italiano; café com queijo da colônia; doce de leite com erva mate…não importava o cheiro, o que importava era a atmosfera, a “alma”, a felicidade de estar em um lugar assim.

Não existia cartões de crédito ou débito. Tudo era marcado em uma caderneta, para ser honrado ao final do mês. A confiança era a moeda de troca, o brilho no olhar era a senha.

O Armazém Santa Ana foi inaugurado em 1934, por imigrantes poloneses e ucranianos, como um ponto de venda de mantimentos para viajantes e pequenos agricultores que por ali passavam, com suas carroças abarrotadas de produtos para serem vendidos na “cidade grande”. Toda esta história, você pode conferir AQUI.

A cidade foi crescendo…os mercados grandes, com um poder maior de negociação de preços, foram tomando o espaço destas vendas tão características desta região no sul do Brasil…

Muitos fecharam…o Santa Ana não. Manteve-se fiel à tradição de Armazéns. Claro que teve que adequar-se aos novos tempos, mas manteve suas origens. E isto foi primordial para que fosse um referencial em atendimento e qualidade ainda hoje.

Ir ao Santa Ana é voltar no tempo. Um tempo onde sorriso, educação, cordialidade e amizade eram coisas costumeiras. Por mais simples que seja a decoração; por mais despojada que seja a louça onde é servida a refeição, o Santa Ana deixa muita gente que se diz refinada para trás.

A simpatia da Anna (herdeira do grande armazém) e a competência da Franciele (a Chef doArmazém), contagiam até o mais distraído dos clientes. Fica impossível não retribuir um sorriso de qualquer uma delas.

SantanaQuando o Santa Ana fala que “vende de tudo”, não brinca. Além de toda uma parafernália de ferramentas, embutidos, queijos, doces e outros, o cardápio é um show à parte.

Porções de tudo que se imaginar e pratos diários (além dos residentes da casa) deixam sua imaginação voar alto. Hoje (sábado), dia de Barreado, o prato típico do Paraná (a receita, você encontra AQUI).

Foi minha opção. Maravilhoso. Suave, acompanhado de arroz, banana e laranja (esta, novidade para mim). Mas, como estava em um Armazém, não me contive. Pedi de entrada uma porção dos frios maravilhoso que vendem lá. Isto já valeu a ida.

DSC04799

Falar mais do Armazém Santa Ana é ficar batendo na mesma tecla. Com certeza é um dos meus lugares favoritos para comer.

DSC04806

Endereço: Avenida Salgado Filho, 4460
Bairro: Uberaba
CEP:81570001
Telefone: 3024-5320 e 3276-5320
Horário: 10h/0h (sáb. até 22h, fecha dom.)


Exibir mapa ampliado

Orlando Baumel
Orlando Baumel
Chef de Cozinha, músico e sócio do site junto com a Carol. Casado, pai de 3 lindas garotas.
Exibindo 4 comentários
  • Lara Sfair
    reply

    Orlandinho: para dar crédito, merecidíssimo, a última imagem é obra do genial Cesar Lobo para a publicação Curitiba da Coleção Cidades Ilustradas – Editora Casa 21.

    Pa quem quiser ver/adquirir a obra o endereço é http://www.editoracasa21.com.br/cidades_ilustradas.htm

    bjão!

    • Orlando Baumel
      reply

      Larinha,
      Em todo o Armazém Santa Ana este desenho está presente. Fotografei um folder. Em nenhum deles está o nome do autor. Se estivesse, com certeza citaria.
      Ainda bem que tenho estas amigas maravilhosas e atentas a tudo. Ainda mais minha Consultora OBA!
      Obrigado!

  • Marly
    reply

    Oi, Orlando,

    Finalmente pude vir ler os seus posts com calma (sim porque aqui não dá pra ler correndo; os posts são como aulas!).
    Adorei esse Armazém Santa Ana; já tô copiando o endereço, para o caso de – quem sabe – me calhar a sorte de ir a Curitiba num futuro próximo! E adorei o post, que me evocou muita coisa! Agora, cá pra nós, você vive na “dolce vita”, hem? Ah, delícia ir comer um barreado num lugar assim. E esse prato de frios, aaff, tá de fazer salivar!

    E a pizza? Delícia pura! Mas esse post esclareceu de onde vem o seu talento culinário, afinal, o fruto não cai muito longe da árvore, né? (vou copiar a receita da pizza, claro!).

    Também sou fã de jiló mas, como o povo aqui não gosta, nunca mais o comi, deu saudades!

    Gostei de saber sobre o azeite que está chegando, obrigada pela dica! Ufa, consegui me atualizar!

    Beijão e bom domingo!

  • Cris Turek
    reply

    Voltei a sentir muitas saudades.Bons momentos que passei com os amigos no Santa Ana.
    Abraços,
    Cris Turek

Comente